10/01/2018 | 13h22m

Reflexo da boa safra

Inflação fecha 2017 em 2,95%, a menor taxa anual desde 1998

Variação menor dos preços da alimentos ajudou a conter a variação do IPCA, que pela primeira vez ficou abaixo do piso da meta

Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Em sentido contrário, os itens com impacto no orçamento das famílias que apresentaram as maiores altas foram gás de botijão (16%), taxa de água e esgoto (10,52%), energia elétrica (10,35%), gasolina (10,32%) e educação (7,11%). Conforme o IBGE, os preços dos combustíveis foram fortemente influenciados pela política de reajustes de preços da Petrobras que, no caso específico, do gás, chegou a 84,31%